Imprensa

|

Notícias

17/05

Programas querem ajudar o setor de moda a exportar

O coordenador técnico de Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), Kurt Ziegler, apresentou no Fitemasul, dia 17 de maio.

COMPARTILHAR:

Programas querem ajudar o setor de moda a exportar

         O coordenador técnico de Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), Kurt Ziegler, apresentou no Fitemasul, dia 17 de maio, dois programas de internacionalização para o setor têxtil.

Um deles é direcionado a empresas com pouca experiência em comércio exterior  (qualificação) e o outro a empresas já internacionalizadas (inserção). “A finalidade é apoiá-las nas diferentes etapas, das mais básicas às mais avançadas, para se alcançar o mercado externo”, diz Ziegler, frisando que o projeto foi construído e pensado exclusivamente para as indústrias da moda, a fim de possibilitar acesso à capacitação e ações de mercado focadas na exportação. Com duração e um ano, o público-alvo são empresas de pequeno e médio porte.

As empresas que manifestarem intenção de participar serão selecionadas por meio de diagnóstico aplicado pelo Centro Internacional de Negócios Fiergs.

O programa de qualificação é focado na preparação e aprendizado das empresas para exportar. Já o de inserção é destinado a empresas com mais experiência no processo, e focado em ações de acesso ao mercado.

As ações de internacionalização propostas incluem Oficina Coletiva de Inteligência (para definição dos mercados-alvo que serão trabalhados no projeto), demonstração de ferramentas e bases de dados públicos), e coaching (ou seja, um processo que leva a pessoa a novos entendimentos, alternativas e opções capazes de fazer com que ela amplie suas realizações e conquista) para elaboração de planos de internacionalização.

Também fazem parte de ambos os programas capacitação continuada de 40 horas e missão prospectiva “Circuito Moda Italia”, no caso da qualificação, e missão comercial a Colômbia Moda, para as empresas em inserção. Os custos da viagem, em ambos os casos, são de responsabilidade do empresário.

Os temas a serem abordados no programa de qualificação (iniciantes) incluem exportação passo a passo, planejamento estratégico internacional e análise e seleção de mercados internacionais, além de marketing internacional e formação de preço na exportação.

Já no programa de inserção (empresas mais experientes) será desenvolvido no participante um modo global de pensar, e abordadas as premissas, as características e requisitos para ser um “player global”. Neste programa o empresário será capacitado a temas mais profundos e conhecerá assuntos como financiamento à exportação, carta de crédito, contratos internacionais, fusões, aquisições, gestão corporativa e atração de investimentos, entre outros.

Mais informações sobre como aderir ao programa podem ser obtidas pelo fone (54)30274422 ou pelo e-mail polodemoda@polodemoda.com.br


Fonte: Fonte: Jair da Motta/Fitemasul

13220699_1695564300711063_2902999326507545916_o