Imprensa

|

Notícias

08/07

Projeto de ampliação da Confec+ compatibiliza data para proporcionar mais negócios ao setor têxtil

A feira de negócios Confec+, prevista para agosto, será transferida para julho de 2020. O evento inédito no Rio Grande do Sul ocorrerá no dias 16, 17 e 18 de julho, no Parque do Imigrante, em Lajeado.

COMPARTILHAR:

A feira de negócios Confec+, prevista para agosto, será transferida para julho de 2020. O evento inédito no Rio Grande do Sul vai ocorrer dias 16, 17 e 18 de julho no mesmo local, o Parque do Imigrante, em Lajeado. A decisão foi anunciada pela comissão organizadora, após concluir os contatos com todos os parceiros e expositores já engajados à iniciativa.

 

O motivo principal é a inclusão do PROJETO + NEGÓCIOS, que visa expandir significativamente a presença de compradores qualificados e envolvidos em rodadas de negócios que ocorrerão durante a feira. A ação está na fase de articulação com parceiros da iniciativa privada e também com instituições experientes em iniciativas dessa natureza. Assim, a programação se ampliará, somando-se ao novo projeto as atividades já definidas como o Desafio da Moda, Sessão de Negócios, Espaço Pitch Deck e palestras com profissionais renomados do mercado.

 

“Os expositores terão a possibilidade de identificar previamente o perfil ideal dos compradores que desejam receber, o que aumenta muito a oportunidade de realização de bons negócios durante e após a feira”, destaca Daniel Aires, diretor da Lume Eventos. “Quando se planeja um grande evento, temos que estar atentos para que todos os fatores sejam atendidos. E é isso que está se buscando com o projeto da Confec+”, complementa o gerente da Acil, Antônio Juarez Mathias Corrêa da Silva.

 

A Confec+ é uma realização da Lume Eventos e Associação Comercial e Industrial de Lajeado (Acil), em parceria com Comel Assessoria e Moldes Roupas e apoio da Prefeitura Municipal de Lajeado, Sebrae e Univates.   A feira de negócios tem o objetivo principal de potencializar a cadeia produtiva têxtil e de confecções gaúcha, atraindo para um mesmo local os fornecedores, indústrias fabricantes e varejistas. Muito bem recebida pelo mercado estadual, a feira é percebida como referência de negócios do setor e plataforma para aumentar as oportunidades de negócios para quase sete mil empresas de artefatos e tecidos no Rio Grande do Sul que geram emprego e renda e contribuem firmemente para o desenvolvimento do Estado.


Fonte: Assessoria de Imprena Confec+