Integramoda

|

Histórico

15° Integramoda RS

15° Integramoda RS

 

Nesta edição do 15º Integramoda RS foi apresentada a Confirmação Primavera Verão 2014/2015 em Malharia e Confecção para empresários do setor têxtil, estudantes de Moda, designers e formadores de opinião, na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul, nesta quarta-feira (12).

Mais de 240 participantes assistiram as apresentações de confirmação e palestras que fizeram parte da programação do 15º Integramoda RS. O encontro iniciou com a abertura feita pelo Sr. Carlos Graça Araújo, presidente do Sindicato das Indústrias de Fiação, Tecelagem e Malharias da Região Nordeste do Rio Grande do Sul (Fitemasul), que lembrou que o setor têxtil vem, ao longo dos anos, experimentando dificuldades, mas estimula a todos a buscar alternativas e formas de, criativamente, continuar procurando meios de sobreviver em meio a uma conjuntura desfavorável. Também ressaltou a 15ª edição do Integramoda RS, um trabalho pioneiro na região e inédito no Estado: “Antecipando aos empresários as tendências da estação seguinte, temos como programar nossas coleções, atendendo às necessidades que o mercado e o consumidor exigem. Nossas linhas de produção nunca estão às escuras, porque tem no trabalho dos grupos um porto seguro, uma referência que vai além de simples tendências e se transforma nas peças que vamos produzir em nossas empresas”, ressaltou.

Janete Jung respondeu à questão “O que é design”

“O que é Design?” foi o tema abordado pela consultora de design Janete Jung, do Grupo de Trabalho Design do APL Pólo de Moda. “Existe uma ideia de que design é caro, seja no processo de elaboração ou depois do produto pronto, mas é importante destacar que design é projeto. Há envolvimento de profissionais neste processo. O design é inovação, é a solução geralmente simples e, normalmente, efetiva na hora de suprir a necessidade de um usuário”, esclarece. O GT apresentou um vídeo que mostra conceitualmente e também na prática como encontrar design ao olhar ao redor nos lugares em que circulamos.

Eduardo Motta apresentou as tendências para confecção

O designer e consultor Eduardo Motta, da Radar Inteligência e Projetos de Moda, trouxe a confirmação para o Fórum Confecção Primavera Verão 2014|2015. Eduardo Motta observou que "o mercado brasileiro é muito dinâmico e com bastante diversidade, mas é preciso procurar as matrizes que sirvam como referência para o mercado". Afirmou que a estação terá as tendências “leve”, “dinâmica”, “gráfico & urbano” e “street & étnico”, as bases estilísticas para as trends da Primavera Verão 2014/2015. Segundo ele, o verão será colorido com tons pastéis e cores básicas (branco, preto, vermelho). Os materiais brilhantes estarão presentes com superfícies diferenciadas (tridimensional). Materiais rendados, bem como tecidos perfurados, também estarão presentes. O floral do verão é silvestre. As estampas trazem flores menores, botânica, gráfica, étnico. Trata-se de um recorte de moda global com aspectos da natureza até chegar à representação animal. Nas peças, o vestido domina as vitrines em slip dress ou com roupagem romântica. Nas peças superiores, estão slip top, tank top e romântico, além de derivadas das t-shirts. Nas peças inferiores, aparecem as saias curtas, com roda, envelope, franzido e com laçarote. Nas calças, se destacam as retas, folgadas e joggings. A imagem de moda é o short curtinho, estilo alfaiataria e também em jeans.

Fórum Malharia confirmou quatro temas

Miriam Zaniol Albé do Comitê de Estilo trouxe a confirmação ao público que é resultado de pesquisas e também de uma viagem aos grandes centros de moda, como Milão, Paris e Londres para o Fórum Malharia Primavera Verão 2014|2015. "Seguir novos rumos" é o conceito que norteia a estação, buscando descobrir novos aspectos nas formas, cores e texturas. Os quatro temas confirmados foram: “Arte Urbana”, “Caminho das Flores”, “Movimento” e “De volta às origens”. No tema “Arte Urbana”, as cores intensas e vibrantes aparecem como ponto forte e as padronagens e jackards criam verdadeiras obras-primas vestíveis. O “Caminho das flores” resgata referências românticas e femininas aparecem nos detalhes e na silhueta, onde a cintura marcada é o destaque. “Tudo o que está nos jardins estará nas estampas”, afirmou. O tema “Movimento” explora os recortes ergonômicos e aerodinâmicos tendo como suporte uma estética clean e minimalista, em tons adocicados e com toques de neon em contraste com cores sóbrias. As tribos e etnias inspiram o tema “De volta às origens” com as texturas em destaque. O brilho encontrado nas peles, penas e escamas de animais é traduzido em texturas metalizadas.  A cartela de cores traz tons terrosos complementados com intensos. No infantil, os florais estampados e o branco serão tendência. É importante destacar o aspecto rústico, traduzido no metalizado, xadrez trabalhado e estampas em animal print e jackares étnicos em colorido intenso, rendas com tecidos mais rústicos, desenhos tribais com desenhos explosivos, fios de pelo rústico, tramas, com efeito rede. O étnico aparece em vestidos alongados, maxi florais com efeitos de tule e fio transparente, além de costas com amarração. As saias têm franjas, com desgastados e desestruturadas.

Novidades em tecnologia e estratégias de atendimento para o varejo

O “Alinhavando Ideias: novas lojas para novos consumidores – Tendências de Varejo Pós NRF 2014” foi um momento para que os empresários conhecessem as novidades sobre as tendências de mercado, apresentando as novas tecnologias disponíveis para qualificar os pontos de venda com Fabiano Bassani Zortea, da gerência setorial do Comércio e Serviços do Sebrae-RS. Recentemente, Fabiano esteve participando da NRF (National Retail Federation) Annual Convention, o maior e mais importante evento de varejo do mundo, em New York, nos EUA e trouxe novidades para os participantes do Integramoda. O consultor apresentou alternativas viáveis que podem ser aplicadas aos pontos de venda, baseadas em iniciativas americanas com uso de QR-Code e smartphones. Lembrou que é preciso oferecer produtos diferenciados e conhecer os consumidores para ter ascensão no mercado. “Para conquistas um cliente, é preciso construir vínculos emocionais e oferecer soluções que se encaixem no dia a dia”, lembra. Também apontou a importância da valorização dos colaboradores para que o cliente receba um atendimento personalizado.

A ambientação ofereceu a oportunidade aos participantes para contribuir com o seu talento com os moodboards dispostos no saguão do evento, juntamente com os manequins com moulage de acordo com os temas  “Arte Urbana”, “Caminho das Flores”, “Movimento” e “De volta às origens”. Participantes vencedores do sorteio foram premiados croquis dos jovens criadores do Prêmio UCS/Sultextil para a confecção de uma peça exclusiva. Estilistas como Ana Cláudia Piasentini Dotto, Jorge Alexandre Amaro, Débora Bresolin Bregolin, Francieli Aparecida Pellizzoni, Gabriela Basso e João Paulo Maraschin brilharam nesta ação que integrou a indústria, a universidade e o setor de confecção.

 Após, os participantes confraternizaram para o Momento Sabores. 

Os realizadores do evento são APL Pólo de Moda, Fitemasul, SENAI/Fiergs e UCS e tem como patrocinadores o Banrisul e SEBRAE/RS. O Integramoda RS conta com apoios como CIC Caxias do Sul, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Trabalho e Emprego de Caxias do Sul, Radar Inteligência e Projetos de Moda, Sultextil, Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDI/SDPI), através da Secretaria Estadual de Desenvolvimento e Promoção do Investimento, e Brastemp Tecnologia Têxtil. A organização do evento é da Interface Eventos. A Sorvelândia esteve presente como merchandising.

DSC_8449 (Custom)
DSC_8480 (Custom)
DSC_8415 (Custom)